COLUNA> O peso de ser uma mulher no Cinema

Há um pouco mais de uma semana, Sofia Coppola fez história ao ser a segunda mulher, nos 70 anos de existência do Festival de Cannes, a receber o prêmio de melhor diretor pelo filme “O Estranho que Nós Amamos”. Curiosamente, dias antes de ser anunciada como vencedora do prêmio, a crítica especializada estava dividida em…