FILME 128 > ROCK OF AGES (2012)

Por Raphaela Ximenes

Tire aquela jaqueta de couro com tachas do fundo do armário, vista sua camiseta de banda de rock, coloque aquele short desfiado, amarre a bandana na testa, mas deixe de lado todos os seus preconceitos, porque ROCK OF AGES é um filme para todos que querem se divertir e lembrar de uma época tão rica para o rock.

1987, a sonhadora Sherrie (Julianne Hough) sai de sua cidade no interior e vai para Los Angeles tentar virar uma estrela. Na cidade ela decide conhecer o famoso Bourbon Room, que fica na Sunset Strip, mas é assaltada. Drew (Diego Boneta) decide ajudar a moça e consegue que ela trabalhe com ele no Bourbon Room, que pertence a Dennis Dupree (Alec Baldwin) e é gerenciado por Lonny (Russel Brand). O Bourbon Room já teve seus dias de glória e agora está em decadência, por problemas financeiros e principalmente porque o prefeito de Los Angeles (Bryan Cranston) e sua esposa (Catherine Zeta-Jones) decidiram que a Strip deve ser “limpa” de todo o sexo, drogas e rock n’roll.  A salvação do Bourbon é  Stacee Jaxx (Tom Cruise), que irá apresentar o último show de sua banda na casa de show. Mas Stacee é famoso por ser inconstante, louco e muito apegado a whisky e mulheres.

Através dessa trama bem batida, ROCK OF AGES passeia por sucessos do rock do fim da década de 1990, homenageando bandas como Guns n’ Rose, Poison, Bon Jovi, Extreme, Whitesnake, Journey, Twisted Sister e muitas outras. Tom Cruise é a perfeita personificação de Axl Rose, com todos os excessos que um super star do rock daquela época tinha o direito de ter.

O casal principal é bonitinho na medida certa, mas não empolga, o que também não incomoda, porque todo o resto do elenco brilha sozinho. Cruise mostra sua veia cômica de forma convincente. A dupla Baldwin e Brand rouba todas as cenas em que aparecem, sendo a responsável por um dos momentos impagáveis do filme.

Dirigido por Adam Shankman, o mesmo que levou a versão de “Hairspray” da Broadway para o cinema. Shankman sabe muito bem conduzir um musical, dando os toques de comédia necessário e transformando tudo em uma grande diversão.  Não há como sair indiferente do cinema, mesmo que seu gosto seja mais hardcore, ROCK OF AGES é uma deliciosa homenagem ao rock dos anos 1980. Para os fãs do musical, de musicais e que não se seguram na cadeira, procurem pelas versões sing-a-long disponíveis em algumas salas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s