FILME 120 > THE WHITE RIBBON (2009)

Por Raphaela Ximenes

A última edição do Festival de Cannes encerrou com o diretor Michael Haneke levando mais uma Palma de Ouro para um filme realizado por ele, “Amour”, tornando Haneke o oitavo diretor a ganhar duas Palmas de Ouro.

Inspirada pelo prêmio, decidi falar sobre o outro filme de Haneke que ganhou a Palma de Ouro em 2009, THE WHITE RIBBON.

A trama de THE WHITE RIBBON acontece em 1913, um pouco antes da Primeira Guerra Mundial, em um pequeno vilarejo protestante no interior da Alemanha. Um professor observa estranhos e misteriosos acidentes acontecerem, que encobrem uma verdade cruel sobre as crianças do vilarejo.

Religião e política são os temas discutidos de forma sutil no filme. Haneke usa o pequeno vilarejo como um espelho da Alemanha, que passava por uma grave crise às vésperas da Primeira Guerra Mundial. O vilarejo comandado por um pastor omisso, que não reconhece os problemas e erros de sua comunidade, passa a revidar de sua maneira, revelando uma verdade triste, que acaba sendo deixada de lado com o início da Primeira Guerra.

THE WHITE RIBBON é um filme forte, que usa temas pesados para revelar a verdade sobre um país em total decadência. Enquanto “Amour” não chega ao Brasil, vale a pena ver ou rever THE WHITE RIBBON e lembrar porque Haneke mereceu essa segunda Palma de Ouro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s