DIA 100 > 16.04.2012 > SCOTT PILGRIM VS THE WORLD (2010)

Por Raphaela Ximenes

100 dias! 100 filmes! 

E já que o assunto é HQ e heróis, nada como o meu anti-herói favorito para comemorar os 100 filmes.

SCOTT PILGRIM VS THE WORLD é um filme dirigido pelo maravilhoso Edgard Wright (responsável pelo melhor filme de zumbi ever: “Shaun of the Dead”), baseado no HQ de Brian Lee O’Malley. Com uma bilheteria bem morna do que o esperado na época de seu lançamento no cinema, muito foi especulado sobre o que teria acontecido. Seria o fato de ter sido lançado no mesmo fim de semana de outros filmes de maior impacto ou porque o filme trata de forma não muito convencional as agruras amorosas do jovem Scott Pilgrim? Só que essa é a razão pela qual agradecemos O’Malley, por criar o HQ. Também à Edgard Wright por dar vida a Pilgrim nas telas e realizar um dos filmes mais geniais visualmente da última década.

Para quem nunca ouviu falar sobre Scott Pilgrim, um rápido resumo. Ele é um rapaz de 22 anos que mora com um amigo gay em Toronto, no Canadá, namora uma estudante de 17 anos e dedica boa parte do seu tempo a sua banda, “Sex Bob-Omb”. Até conhecer Ramona, uma americana de cabelos coloridos que faz entregas para o site Amazon. Ao se envolver com Ramona os problemas de Scott apenas aumentam. Para poder ficar com a moça ele deverá enfrentar seus sete ex-namorados do mal. Misturando quadrinhos com a linguagem de videogame, a saga de Pilgrim em HQ é em preto e branco, com traços quase grosseiros, que combinam com o tom sarcástico da história e dos personagens. No cinema  SCOTT PILGRIM VS THE WORLD  ganhou muita cor e efeitos especiais, onde Wright conseguiu obter o mesmo tom dos quadrinhos, dando enfase ao sarcasmo, ao aumentar um pouco o volume da caracterização dos personagens. Wright e O’Malley dividem, basicamente, os mesmos fãs, por isso a escolha do diretor para realizar a versão para o cinema de Scott Pilgrim foi muito bem recebida.

A caracterização exagerada de Toronto como uma cidade entendiante, as piadas rápidas e os personagens quase caricatos saídos diretamente das páginas do HQ para o filme. Wright usa todos os elementos de Pilgrim, que já são uma grande homenagem a cultura pop, e potencializa essa característica adicionando outros elementos, como jingles de games e séries, comentários e atitudes claramente inspirados em outros filmes ou personagens famosos, introduzidos de forma sutil mas que tornam  SCOTT PILGRIM VS THE WORLD  um filme mais divertido ainda.

Michael Cera é o perfeito Scott Pilgrim. O anti-herói favorito de todos, se tornou porta-voz de sua geração. Por isso seria quase impossível pensar em outro ator para tal papel. Seu jeito despreocupado e o físico franzino combinam perfeitamente com o personagem que deve enfrentar os sete ex-namorados de sua nova namorada. Ao lado de Cera, Kieran Culkin brilha como o Wallace Wells o amigo gay e de língua afiada.

Por fim, SCOTT PILGRIM VS THE WORLD mostra que a vida poderia ser muito mais fácil e divertida se pudesse ter várias chances como em um videogame e com uma trilha sonora ótima. Infelizmente não é assim, por isso esse filme consegue dialogar tão bem com uma geração que tem dificuldades de crescer e aceitar o futuro sem se soltar do passado. O’Malley e Wright são representantes dessa geração que conseguiram através do bom humor e suas paixões transmitir essa mensagem de forma genial e divertida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s