FILME 22 > A SEPARATION (2011)

Por Raphaela Ximenes

A primeira vista fica a impressão que esse deve ser um filme difícil, sobre um casal se divorciando no Irã e todos os problemas que isso deve acarretar.

Não.

Esse é um filme hiper realista sobre a separação de um casal e tudo o que isso implica. O divórcio de Nader e Simin acontece porque Simin quer morar em outro país e proporcionar uma vida melhor para sua filha adolescente. Mas Nader tem que ficar no Irã para cuidar do pai que tem alzheimer. A filha Termeh decide continuar morando com o pai, enquanto a mãe volta para a casa de seus pais, até que a situação se resolva. Por isso Nader precisa que alguém cuide seu pai doente e contrata Razieh, uma mulher muito religiosa, que precisa levar a filha para o trabalho. Seu marido não sabe sobre esse trabalho. Um dia Razieh se desentende com Nader, levando todos ao tribunal e a discussão sobre a vida familiar. 

Discutindo a realidade dessas pessoas e como suas vidas se ligam, A SEPARATION é um filme duro, onde não há certo ou errado, apenas as versões de cada um dos personagens. Critica o papel da mãe e do pai em uma família separada, as diferenças sociais e as questões religiosas, que ainda regem grande parte da sociedade iraniana. 

Ganhador do Globo de Ouro de melhor Filme Estrangeiro e concorrente ao Oscar pela mesma categoria, A SEPARATION é um filme com muitas nuances, onde o que é mostrado se sobressai ao o que é discutido. Uma excelente opção para quem quer conhecer um pouco mais sobre o cinema iraniano atual. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s